Capacitação

Contadores participantes do Programa Empreender celebram bons resultados após ações

Núcleos de jovens e mulheres empreendedoras contribuíram com o desenvolvimento dos profissionais de Santana do Ipanema

O Programa Empreender, promovido em Alagoas pelo Sebrae e Federação das Associações Comerciais de Alagoas (Federalagoas), tem contribuído com o crescimento de micro e pequenas empresas em todas as regiões do estado. Um dos municípios que contam com núcleos setoriais do programa é Santana do Ipanema. Lá, as ações do núcleo permitem que os empresários discutam seus problemas e busquem soluções conjuntas com o apoio de um profissional vinculado à entidade empresarial. Um segmento que tem sido fortalecido no núcleo de Jovens Empreendedores e Mulheres Empreendedoras no município é de contadores. 
Um dos empresários participantes do núcleo de Jovens Empreendedores é Douglas André, diretor da Escontil Contadores Associados. A sócia dele, Mônica Messias, também está no programa no núcleo de Mulheres Empreendedoras. Ele ressalta que a participação de ambos no programa foi crucial para o enfrentamento de desafios no último ano, entre eles uma forte enchente que assolou a cidade. 
“Esse período não foi nada fácil nem para nós, nem para os moradores e empresas atingidas. Todavia, o Deus Todo-Poderoso nos possibilitou o estreitamento ainda maior com o Sebrae por meio do projeto Empreender, vinculado ao núcleo dos Jovens Empreendedores, quando tivemos várias soluções em consultorias desde as mais breves até as mais extensas”, afirma.
Entre as soluções acessadas pelos empresários foram citadas algumas para a melhoria de aspectos envolvendo: comunicação visual; marketing digital; canvas de vendas; modelos de receitas e estratégias de vendas; controle financeiro; Modelo de Excelência em Gestão; planejamento estratégico e biossegurança. 
Ainda segundo Douglas André, com esse conhecimento repassado pelos consultores, algumas mudanças já são vistas na empresa, entre elas muitos projetos que foram adiados e outros implantados apenas em parte, tudo com o apoio do Programa Empreender e da Associação Comercial de Santana do Ipanema (ACSI). 
“Vivenciamos cinco anos em apenas parte de um ano em 2020, pois colocamos em prática muito daquilo que por várias tarefas do dia-a-dia deixávamos para depois. Muito do que ainda era abstrato passou a ser concreto e como já estávamos dispostos à proatividade, o Sebrae através do Empreender em parceria com a ACSI nos deram o total apoio para o planejamento, a execução e o acompanhamento de muitas das mudanças operacionais e estratégicas que tivemos de enfrentar”, destaca. 
Por fim, grato ao Sebrae e aos parceiros do Programa Empreender, Douglas André também listou outras mudanças positivas. “Com a nossa participação nos núcleos, passamos a ter ou redimensionar: Missão, Visão e Valores bem definidos e divulgados; foco ainda maior no cliente; uso mais intensivo e adequado das redes sociais; reestruturação dos nossos serviços; busca de novos parceiros; maior integração da equipe. Sou grato aos consultores e toda a equipe do Sebrae por esse trabalho”.
Sobre o Programa Empreender
O Programa Empreender tem como objetivo fortalecer a micro e pequena empresa ao reunir empresários de um mesmo município nos chamados núcleos setoriais. Em Alagoas, a atuação se dá em sete municípios: Maceió, Marechal Deodoro, São Miguel dos Campos, Palmeira dos Índios, Porto Calvo, Rio Largo e Santana do Ipanema. Em seus núcleos setoriais, os empresários discutem seus problemas e buscam soluções conjuntas. O programa Empreender funciona no Brasil há mais de 20 anos, e no estado o Sebrae Alagoas o apoia desde 2001.
Em 2020, a meta inicial era atender 400 negócios entre MEIs, microempresas (ME), empresas de pequeno porte (EPP) e produtores rurais, mas o programa fechou o ano com um saldo de 949 MEIs atendidos. Também foram atendidas 1.473 microempresas e 186 empresas de pequeno porte, num saldo final de 2.608 CNPJs contemplados.
Contato para a imprensa:
Assessoria de Imprensa do Sebrae Alagoas
Lívia Enders
(82) 99162-5416