Superação

Empresa do segmento de vestuário aposta em novas estratégias e amplia faturamento em meio à crise

Com o surgimento da pandemia do novo coronavírus, a proprietária da loja Limac’s Jeans, viu o faturamento da empresa cair drasticamente

Com o surgimento da pandemia do novo coronavírus, a empresária Maria José de Lima e Silva, proprietária da loja Limac’s Jeans, viu o faturamento da empresa cair drasticamente. De forma repentina, em razão das medidas restritivas adotadas pelo poder público para conter a propagação da Covid-19, a empresária teve de fechar a loja, que fica localizada na cidade de Arapiraca e funciona há 30 anos, e interromper o atendimento presencial ao público.

Durante o período de quarentena, segundo ela, o faturamento da loja teve uma queda de 90%. Neste momento, diante da falta de previsão para a normalização das atividades econômicas, a proprietária da Limac’s Jeans decidiu buscar apoio do Sebrae em Alagoas para adaptar o negócio ao novo cenário e melhorar o desempenho das vendas.

“Naquele momento, ficamos sem saber o que iríamos fazer para nos manter funcionando, mas eu sou realista e ao mesmo tempo otimista e cabia a mim a responsabilidade de buscar um caminho para que pudéssemos prosseguir. Liguei para o analista Clébson [Moreira] e perguntei se o Sebrae tinha algum curso de vendas pelas mídias sociais, como Facebook, Instagram e WhatsApp”, relembra a empresária.

Antes da pandemia e da suspensão do atendimento presencial, a loja já estava presente nas redes sociais, mas o meio digital ainda não era utilizado como estratégia para vendas. “Nós já utilizávamos estes canais, porém de forma muito tímida. Então, o Clébson me indicou uma consultoria em marketing digital com a professora Cristina Campos. A equipe acreditou na ideia e começamos a alimentar as redes sociais. A consultoria nos orientou nas estratégias e a gente foi colocando em prática e acompanhando os resultados”, informa Maria José.

Segundo a proprietária da Limac’s Jeans, além de investir em vendas online, a empresa também passou a fazer entregas por meio do serviço de delivery e, também, na modalidade “pague e leve”. As novas estratégias, conforme o relato da empresária, fizeram a empresa superar, em junho, o faturamento que havia sido registrado no mesmo período do ano passado.

“A consultoria nos orientou a usar as redes sociais e a gente também começou a fazer delivery, meu esposo foi para a rua entregar delivery. Toda a equipe se juntou e começou a atender pelas redes sociais e a gente conseguiu no mês de junho vender mais do que vendeu em junho de 2019, quando estávamos com a loja aberta”, conta a proprietária da loja.

Ainda de acordo com Maria José, a empresa também recebeu auxílio durante o processo de solicitação da linha de crédito disponibilizada a partir de um acordo firmado entre a Caixa Econômica Federal (CEF) e o Sebrae, por meio do Fundo de Aval às Micro e Pequenas Empresas (Fampe).

“Quando digo que o Sebrae sempre esteve presente na nossa empresa é porque, desde que o Sebrae veio para Arapiraca, era instalado na Praça Marques da Silva, que eu comecei a fazer cursos de vendas lá. Então, gostaria de dizer que o momento não está fácil, mas não desista, busque ajuda. O Sebrae é um caminho excelente para os empresários”, ressalta a empresária Maria José.

Clébson Moreira, analista da Agência de Atendimento Integrada do Sebrae em Arapiraca, explica que a consultoria de marketing digital foi disponibilizada à empresa por meio do Programa Ad@pte. “A dona Maria José pediu ajuda porque precisava de orientação para vender pela internet. Neste momento, indiquei a consultoria de marketing digital do Programa Adapte, cujo objetivo é ajudar a empresa a se posicionar no mercado online de forma mais estratégica e competitiva”, afirma.

“Além disso, outras consultorias estão previstas para continuidade do trabalho: comunicação visual (Programa Ad@pte) e a consultoria de plano de marketing”, complementa o analista do Sebrae Alagoas.

Atendimento remoto do Sebrae em Alagoas

Mesmo diante do isolamento social, devido ao novo coronavírus, os empresários da pequena empresa podem contar com o Sebrae. A equipe do Sebrae está mobilizada para atender as demandas dos empresários, que também podem contar com a estrutura de cursos online e gratuitos do portal EAD Sebrae com mais de 100 opções de cursos, basta acessar https://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/cursosonline.

O empresário pode entrar em contato com a instituição pelos canais remotos e digitais, como o portal sebrae.com.br/alagoas, 0800 570 0800, Telegram (t.me/sebraealagoas), WhatsApp (82) 99999-5519 e pelo 0800 570 0800, chat e e-mail fale.sebrae.com.br, Instagram (@sebraealagoas), Twitter (@sebraealagoas), Facebook (/SebraeAlagoas), Youtube (@sebraealagoas) e o LinkedIn (Sebrae Alagoas).