Desenvolvimento

Movimento visa fortalecer o ecossistema inovador alagoano

Ideia é incentivar os pontos indutores de inovação, tecnologia e empreendedorismo do estado a se engajarem no planejamento de ações para 2020

Instituições alagoanas ligadas à Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I) estão se mobilizando para atuar fortemente em prol do desenvolvimento e consolidação desses segmentos. O Sebrae em Alagoas é uma delas e está presente no Mapa do Ecossistema de Inovação de Alagoas, como um indutor de capacitação e estímulo ao empreendedorismo.

O objetivo do movimento é incentivar outras instituições a fazerem parte desse ecossistema, sejam físicas ou jurídicas, e estimular aquelas que já estão envolvidas a se sensibilizarem para o planejamento e o fortalecimento das ações. Já estão engajadas instituições de ensino públicas e privadas, a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Alagoas (Fapeal), a Secretaria de Estado da Ciência, da Tecnologia e da Inovação (Secti), a Prefeitura de Maceió e o Sebrae em Alagoas.

De acordo com Áurea Andrade, analista da Unidade de Comércio e Serviços do Sebrae em Alagoas, é necessário trabalhar a inovação muito além do que imaginamos. “Precisamos mostrar que não são só as empresas digitais que atuam com inovação, mas todos os segmentos econômicos, como um diferencial competitivo. Aqui no Sebrae, a instituição como um todo faz parte desse movimento. Por sermos apartidários, ou seja, nosso trabalho independe de quem esteja ocupando os cargos públicos, é possível atender a todas as instituições e participar mais ativamente do processo.”, afirmou.

Uma das primeiras iniciativas do movimento é um vídeo de engajamento chamado ‘Manifesto Talentos de Alagoas’, criado para compartilhar o Polo de Inovação de Maceió, chamado Sururu Valley – inspirado no marisco que é tão simbólico e conhecido em Alagoas.

“É de suma importância que todos estejam envolvidos. Até porque, para trabalhar o desenvolvimento do estado com um todo, esse ecossistema precisa estar bem arquitetado em todas as esferas.”, complementou Áurea.

Mapa de Inovação

É uma plataforma lançada pela Secretaria de Estado da Ciência, da Tecnologia e da Inovação (Secti) para que toda a sociedade possa identificar rapidamente, de forma interativa e visual, onde estão os principais vetores de ciência, tecnologia e inovação do estado.

No mapa, pode-se encontrar os principais pontos indutores do ecossistema de CT&I e empreendedorismo, a exemplo de Centros de Inovação, Incubadoras, Núcleos de Inovação Tecnológica, Startups, entre outros. Para acessar o Mapa, basta clicar no link http://mapainovacao.secti.al.gov.br/.

O projeto conta com 45 pontos mapeados em Maceió, 17 em Arapiraca, dois em Penedo e dois no Sertão de Alagoas, incluindo os dois polos agroalimentares da Secti, bem como universidades, museus e serviços de apoio.