Comunicado

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Pronunciamento oficial

A Federação das Indústrias do Estado de Alagoas (FIEA) e o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas em Alagoas (Sebrae/AL), instituições parceiras do Governo do Estado de Alagoas no Programa de Arranjos Produtivos Locais (PAPL), comunicam que atuam em prol do desenvolvimento dos pequenos negócios em diversos setores da economia, baseando suas ações no respeito aos valores universais do Ser Humano. Nesse sentido, valorizam a cultura de cada região, de cada povo, de cada comunidade e a contribuição de todos na construção de uma sociedade economicamente viável, ambientalmente sustentável e socialmente justa, respeitando a diversidade em que estamos inseridos.

A atuação da FIEA e do Sebrae/AL no Arranjo Produtivo Local Móveis Maceió e Entorno, em parceria com o Governo do Estado e outras instituições, dá-se, portanto, por meio da articulação institucional, orientação, capacitação e consultoria em gestão empresarial e inovação, fomentando a cultura empreendedora e transformando a realidade de milhares de empreendedores e empresários todos os dias.

Isso posto, esclarecemos que as instituições parceiras, os empresários do segmento de móveis e o designer contratado para acompanhar o processo criativo solicitado pelos moveleiros atuam sempre em respeito aos valores culturais e universais e à ética, não sendo intenção de nenhum dos integrantes desse projeto agir de maneira preconceituosa ou racista, tampouco enaltecer qualquer forma de violência contra o ser humano.

Nesse sentido, todas as instituições parceiras sentem muito pelo desconforto que possa ter causado a publicação no catálogo do móvel denominado “Tronco dos Escravos”, que suscitou comentários nas redes sociais, sites e jornais, observando que o referido móvel jamais foi comercializado.

Ratificamos, ainda, que é dever de todos respeitar a história, dela tirando lições para agir de forma a jamais repetir erros que comprometam a dignidade humana.