Trade Turístico

Programa Investe Turismo é lançado em Alagoas

Objetivo do programa é acelerar o desenvolvimento, aumentar a qualidade, a competitividade e gerar empregos em Rotas Turísticas Estratégicas do Brasil

Ao som da banda de pífano, Maceió deu as boas-vindas ao Investe Turismo, programa desenvolvido pelo Ministério do Turismo em parceria com a Embratur e o Sebrae. O lançamento, na última sexta-feira (09), reuniu atores públicos e privados do segmento, foi realizado durante o seminário, no Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso, no bairro do Jaraguá. A iniciativa tem como objetivo aumentar a capacidade turística da região, gerando emprego e renda para a população.

Em Alagoas, seis municípios compõem as rotas turísticas estratégicas contempladas no Programa Investe Turismo, são eles: Maceió, Barra de Santo Antônio, São Miguel dos Milagres, Japaratinga, Maragogi e Porto de Pedras. Ao todo, será um total de 30 rotas turísticas estratégicas apoiadas pelo Programa em todo território nacional.

A programação teve início com o painel “Oportunidades de Crédito e financiamento para o turismo”. Em seguida, foi a vez da apresentação do Programa Investe Turismo – situação das ações sob responsabilidade do Comitê Gestor Nacional do Investe Turismo, com Aluizer Malab, secretário Nacional de Desenvolvimento e Competitividade do Turismo. Já a apresentação do Programa Investe Turismo – situação das ações sob responsabilidade do Comitê Gestor Estadual do Investe Turismo, com Vanessa Fagá, gerente da Unidade de Comércio e Serviços (UCS) do Sebrae em Alagoas.

Marcos Vieira, diretor superintendente do Sebrae em Alagoas, destacou a importância do Programa para o turismo alagoano. “O Investe Turismo em Alagoas chega para unir forças entre o Ministério do Turismo, a Embratur e o Sebrae Nacional e Estaduais. O Programa vem para fortalecer os destinos, o trade turístico e todas essas instituições envolvidas, trazendo mais estrutura para esses destinos, fazendo-os cada vez mais conhecidos e bem estruturados”, frisou Marcos Vieira.

De acordo ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, o investimento será de R$ 500 milhões para todo Brasil, divididos em duas etapas. Nesta primeira, R$ 300 milhões e outros R$ 200 milhões na segunda, a partir de novembro. Na oportunidade, ele ainda ressaltou que o programa pretende trabalhar em três vertentes. A primeira é a promoção das rotas já definidas – sendo dez no Nordeste. Já a segunda engloba a capacitação profissional dos trabalhadores do setor turístico nos municípios contemplados com o Investe Turismo.

“A terceira vertente, considero a mais importante delas. Essa passa por estudos de viabilidade de investimentos para melhorar a infraestrutura receptiva para os turistas. Então, esse estudo é feito visando identificar potenciais investimentos que seja um resort, um restaurante, uma pousada, por exemplo.  Esse material será levado para as feiras de investidores, e, além disso, o Ministério do Turismo, ainda irá apresentar as linhas de crédito para o investimento, especiais para micro e pequenas empresas, que são foco da iniciativa, desenvolvida em Alagoas em parceria com o Sebrae e a Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Turismo. Com isso, o objetivo é estruturar as 30 rotas já definidas em todo o Brasil”, explicou o ministro.

Os seminários do programa vão percorrer todo o Brasil e o próximo acontecerá em Florianópolis/SC.

Sobre o Programa

O Investe Turismo está estruturado em quatro linhas, que são: o fortalecimento da governança; melhoria dos serviços e atrativos turísticos; marketing turístico e apoio à comercialização e atração de investimentos; e facilitação do acesso a serviços financeiros.

Ao Sebrae coube a capacitação e incentivo ao empreendedorismo dos pequenos negócios do setor de turismo e outros que agregam ao segmento.

 

Tags: Sebrae, Sebrae em Alagoas, alagoas