Webinar

Sebrae vai abordar o protagonismo da mulher no empreendedorismo

O evento digital, que será iniciado a partir das 17h, é mais uma iniciativa realizada pelo Sebrae em Alagoas, com o intuito de promover o compartilhamento de ideias e de experiências exitosas durante o período de pandemia

Cinco mulheres que desempenham funções de protagonismo foram convidadas para o webinar “Empreenda como uma mulher - Alagoas”, agendado para o dia 1º de julho. O evento digital, que será iniciado a partir das 17h, é mais uma iniciativa realizada pelo Sebrae em Alagoas, com o intuito de promover o compartilhamento de ideias e de experiências exitosas durante o período de pandemia.

As palestrantes convidadas para o evento digital são a fundadora da Rede Mercado Mulher, Danielle Cândido, a coordenadora nacional dos projetos de empreendedorismo feminino do Sebrae Nacional, Renata Malheiros, a fundadora da B2Mommy, Dani Junco, a coordenadora de projetos da Favelar, Mabi Elu, e a presidente do Instituto Rede Mulher Empreendedora, Ana Fontes.

A analista da Unidade de Soluções e Inovação do Sebrae em Alagoas, Ana Madalena Sandes, será a mediadora do webinar. Segundo ela, o evento é uma oportunidade de reflexão sobre a participação da mulher no mundo dos negócios. “O objetivo é trazer a discussão do Empreendedorismo Feminino por meio de falas de mulheres que possuem grande experiência sobre o tema, para que possamos iniciar a discussão em Alagoas e construir a partir daí uma rede junto a esse público”, explica.

“Durante o evento, falaremos sobre a importância do empreendedorismo feminino, sobre a maternidade e os negócios, a quebra de paradigmas da mulher que exerce uma profissão mais dominada pelo sexo masculino e sobre a importância da construção de redes. Além de trazermos várias experiências de relatos de empreendedoras e dicas de leitura, músicas, filmes e séries”, adianta a analista do Sebrae em Alagoas.

O evento será realizado por meio de uma parceria do Sebrae em Alagoas com o Conselho de Jovens Empreendedores de Alagoas e com a Rede Mercado Mulher. Para participar do webinar, as pessoas interessadas devem realizar inscrição na Loja Virtual do Sebrae em Alagoas, através do endereço eletrônico https://bit.ly/2Nvz36s. As inscrições são gratuitas, mas as vagas são limitadas.

Ainda conforme a analista Ana Madalena Sandes, o Sebrae Alagoas tem como meta o levantamento de informações relacionadas ao empreendedorismo feminino no estado. “Estamos iniciando essa discussão mais a fundo. Dessa forma, está na nossa proposta de trabalho o levantamento de dados sobre o tema no estado, bem como a formação de redes que trabalham na causa, fazendo as devidas conexões”, ressalta.

Levantamento

Pesquisa divulgada pelo Sebrae Nacional, em março passado, mostra que as mulheres respondem por 34% dos 27,4 milhões de donos de negócios Brasil afora, ficando Alagoas abaixo da média nacional, com 31%. A pesquisa também revela que a maioria empreende por necessidade (44% de necessidade contra 32% no caso dos homens) e que as donas de negócio ganham menos do que os homens (22% a menos). A pesquisa também aponta que mais de 2/3 das mulheres donas de negócio trabalham sem CNPJ e que as mulheres empresárias (com CNPJ) pagam taxas de juros maiores, apesar da taxa de inadimplência das mulheres ser menor.

Atendimento Remoto do Sebrae em Alagoas

Mesmo diante do isolamento social, devido ao novo coronavírus, os empresários da pequena empresa podem contar com o Sebrae. A equipe do Sebrae está mobilizada para atender as demandas dos empresários, que também podem contar com a estrutura de cursos online e gratuitos do portal EAD Sebrae com mais de 100 opções de cursos, basta acessar https://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/cursosonline.

O empresário pode entrar em contato com a instituição pelos canais remotos e digitais, como o portal sebrae.com.br/alagoas, 0800 570 0800, Telegram (t.me/sebraealagoas), WhatsApp (82) 99999-5519, chat e e-mail fale.sebrae.com.br, Instagram (@sebraealagoas), Twitter (@sebraealagoas), Facebook (/SebraeAlagoas), Youtube (@sebraealagoas) e o LinkedIn (Sebrae Alagoas).